browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Akvaaru e Thor Han: Quem são os Extraterrestres Taal [Tall Whites, os Nórdicos ?]

Posted by on 26/06/2023

Elena: Hoje à noite vou falar sobre o povo Taal. Eles são muito intrigantes porque não falamos muito sobre eles. Sempre falamos em Pleiadianos mas quando falamos em Pleiadianos, pensamos em pessoas como Thor Han, loiro alto mas Pleiadiano não é só desse biotipo. Os Pleiadianos, compreendem cinco raças e os Taal são uma delas, e são muito representativos de nós, pois são nossos primos mais próximos nesta galáxia. Por que decidi falar sobre os Taals[Tall Whites, os Nórdicos ?] ? Por duas razões.

Contato com Akvaaru e Thor Han: Quem são os Extraterrestres Taal [Tall Whites, os Nórdicos ?]

Fonte: Elena Danaan – 18.05.21 – Transcrição de Sam Mast

Eu tive essa ideia em mente por um longo tempo porque há um grupo de seres renegados Taal, que estão envolvidos em coisas muito sombrias em nosso planeta. O segundo impulso porque me decidi fazer esta noite é que na semana passada me conectei com Thor Han, ele estava em sua espaçonave da Federação e tinha um co-piloto com ele. Eles estavam em uma missão em nosso sistema solar e a primeira vez que vi esse cara, ele se parecia com um Taal.

Ele tinha um uniforme Taal, branco prateado com reflexos dourados. Eu estava curiosa, e ele percebeu minha curiosidade. Thor Han me disse: Este é Akvaaru, e ele é um Taal. Então eu perguntei a ele se seu colega estaria bem em ser conectado para a próxima sessão de perguntas e respostas que nós faríamos. E ele concordou. Ele me disse, porque Akvaaru, então ele o chama de Kav. Como ele é? Kav parece um ser humano normal da Terra, da raça caucasiano, com longos cabelos negros. A miniatura deste vídeo que fiz é a arte que mais se aproxima de sua imagem.

Mensagem de Thor Han

Olá a todos vocês, Thor Han aqui falando. Eu me lembro e aviso a vocês que não fiquem com medo porque estamos falando sobre esse assunto esta noite. O medo deve ser evitado porque tira seu poder, e agora, depois de te alertar sobre isso, vou dar uma pequena pista sobre meu trabalho nestes últimos dias e semanas.

Como sempre, não conto as operações antes e enquanto elas estão acontecendo por motivos de segurança. Elena nem sabe. Hoje vou falar sobre portais. Este seu sistema estelar, nós o protegemos por um escudo de plasma e alta frequência. Pode parecer invisível aos seus olhos porque está nos limites do seu sistema estelar, mas quando você se aproxima dele, parecerá com uma parede de fogo de plasma.

Este plasma é construído com altas frequências holográficas. Esta parede é impenetrável para qualquer espaçonave calibrada em frequências mais baixas. É um escudo de proteção muito alto que aqueles dos nossos inimigos presos neste sistema estelar e escondidos aqui não podem receber ajuda de fora ou pedir reforços externos ao sistema. Esta é a armadilha que preparamos para eles.

Não para vocês, claro, vocês podem deixar seu sistema estelar quando quiserem, mas precisamos falar sobre isso também. No momento ninguém pode entrar em seu sistema solar sem a autorização da Federação Galáctica, mas o problema é que muitas espaçonaves do inimigo estão entrando e saindo constantemente por portais.

Temos trabalhado muito tempo e arduamente para descobrir as frequências desses portais. Descobrimos e definimos a frequência dos portais que levam a um sistema estelar chamado Jada (a gigantesca estrela Aldebaran, principal estrela da Constelação do Touro). Encontramos esta frequência e a descalibramos para fechar os portais para acessar Jada. Precisamos agora encontrar todos os outros portais correspondentes a outros lugares da galáxia, onde o inimigo tem postos avançados e contingentes militares.

Ainda não encontramos todos os portais dos Greys Nebu da Constelação de Orion. Ainda estamos procurando por eles e não divulgarei mais sobre essas operações. A chave de frequência é a frequência que determina o destino de um portal. Um portal não é como você pensaria um buraco de minhoca, mas é o que nós chamamos de vórtice. Um portal é uma porta de ressonância onde você pula de um ponto para outro como um teletransporte.

Buracos de minhoca [Wormholes] são atalhos através do tecido do cosmos. É onde estão nossas operações no momento. Espero que você entenda que não posso dizer mais do que já disse. Esta é a minha palavra.

A história dos Taal

Elena: Os seres P’taal. Quem são eles?

Thor Han os chama de P’Taal. Eles pronunciam nomes de forma diferente em relação à espécie. Os Taal vêm da Constelação de Lyra. A constelação de Lyra é o berço da espécie humana nesta galáxia. Todos os sistemas estelares em Lyra foram semeados de uma raça vinda de outra galáxia/dimensão (universo), os Taal. Os Taali dizem que eles mantiveram o nome original porque eram os mais próximos e descendentes dos P’Taal, e eles se consideram como a realeza. E eles são muito orgulhosos disso, embora sejam uma raça muito antiga, eles se consideram a realeza, e isso é algo muito importante para eles.

Agora vou compartilhar uma tela com voces para mostrar a Constelação da Lyra. O sol/estrela Kepler-62. É esta estrela na constelação de Lyra. (chama-se “Lyra” porque parece uma pequena harpa e Lyra é o nome dado pelos humanos da Terra). Como você vê, existem muitos outros sois, sistemas solares nesta constelação de Lyra, Kepler-20, 7b, Vega. A estrela/sol Vega,que é a principal estrela, a alpha desta constelação e a quinta estrela mais brilhante nos céus da Terra vai ser importante nessa nossa história. A estrela/sol K-62 foi o centro de tudo, o berço de tudo. As populações locais chamam-lhe de Man (Homem, em inglês-K-62, ). Vou mostrar outra imagem que representa o sistema Kepler-62, o sol/estrela Man (Homem, em inglês) na constelação de Lyra.

O sistema Kepler-62 sol/estrela Man tinha cinco planetas habitados principais. O mais próximo da estrela Homem era Egoria. É o planeta original da raça Laan, que são humanos com características felinas. No planeta G’mun surgiu a raça Ladrakh. Eles são uma espécie de humanóides reptilianos com uma cultura muito agradável e bonita. Raça muito amorosa. O Planeta Omankhera é o mundo principal de Taal, e era o maior planeta como você pode ver. Um mundo rico muito engenhoso, incrível e bonito.

O sistema Kepler-62 sol/estrela Man tem cinco planetas habitados principais.

Deste planeta, Omankhera, os Taal governavam todo o sistema solar da estrela Man/K-62. O planeta Maya era o mundo Ahil. Ahel é o nome da raça de Thor Han. Então Ahel é o singular e Ahil é o plural em Taami, a mais antiga língua humanoide e que se tornou a língua oficial da Federação Galáctica dos Mundos. O plural é marcado pela adição da letra “i”. Portanto, Ahel se torna Ahil e Taal se torna Taali. Eu sempre digo o Taal porque se eu disser Taali, pode confundi-lo, mas vamos seguir a regra e chamá-los de Taali e Ahil.

(Ladrakh/Ladrikh, Laan/Laani, Noor/Noori). Os Noor do planeta Tar, eles são como os Ahil, mas eles são esses seres loiros gigantes e altos. (Curiosamente, me disseram que o grupo P’Taal era principalmente loiros altos. Muito, muito altos, mas quem usa seu nome, o Taal, não é exatamente assim. Os Taal são origem da semeadura de sistemas solares e galáxias, e eles usam materiais genéticos de diferentes espécies, e eles os misturam.

Agora vou contar um pouco sobre as guerras entre os Lyrianos e os Taali, porque tem a ver com a nossa história aqui na Terra. Os Taali são uma raça irmã dos Ahil, e apresentam uma maior diversidade na cor da pele, olhos e cabelos. Eles normalmente se parecem conosco, com aparência de caucasianos com cabelos pretos e olhos castanhos ou cor de mel, mas você pode ter diferenças.

Eles podem se reproduzir e miscigenar muito facilmente com os Ahil. Então, quando dissemos que os Taali têm cabelos castanhos e os Ahil são loiros, isso é generalidade. Você pode encontrar misturas. Você pode encontrar Ahil parecendo Taali, mas com cabelos loiros. Assim, em seu planeta natal, Omankhera era o principal governo do sistema estelar Man em Lyra; foi organizado em um sistema hierárquico de monarquia, presidindo um conselho de 25 membros e uma assembléia de 300 senadores.

A cultura e a educação Taal são semelhantes às tradições Ahel, embora a espiritualidade divirja. Os Taali praticam uma espiritualidade ascética baseada na ideia de que o corpo é um obstáculo para a elevação do espírito, ao contrário dos Ahil que usam o corpo como ferramenta para se conectar aos reinos superiores da consciência. Durante as guerras de Lyra, o governo Taal habilmente conseguiu aprovar um acordo com os invasores reptilianos Ciakahrr para permitir-lhes salvar sua cultura e escoltar a família real para o sistema estelar mais próximo da constelação da Lyra que chamamos de Vega [a quinta estrela mais brilhante nos céus da Terra], a principal estrela [alpha] da Constelação de Lyra, em troca de um acordo pouco claro.

Foi descoberto muito tempo depois que o destino da fuga mudou para o sol/estrela Mirza na área da Constelação de Orion. Então, o que aconteceu foi que o sistema estelar Man/K-62 foi atacado pelo Império Ciakahrr que queria assumir o controle por causa dos recursos, não apenas os recursos naturais como minerais, alimentos, natureza etc., mas também recursos humanos para alimentação e reprodução.

Os reptilianos Ciakahrr chegaram e ficaram na fronteira do sistema Man. Eles começaram os ataques, mas as frotas do povo Man estavam resistindo, e um acordo foi feito entre a realeza Taal e a facção Ciakahrr que estava atacando. Isso ainda não está claro até hoje. A versão oficial é que os Taal conseguiram que os reptilianos Ciakahrr parassem seus ataques para permitir que as colônias de refugiados deixassem os sistemas estelares.

Eles tiveram muito pouco tempo para empacotar tudo o que podiam e carregar em suas grandes espaçonaves-arca e partir; isso teve que ser feito muito rápido. A questão é, por que o Império reptiliano Ciakahrr aceitou isso? Até hoje não sabemos se houve um acordo secreto. Então, a família real Taal partiu em umaenorme espaçonave-arca por conta própria com todo o seu governo.

Todas essas colônias de todas essas raças foram se distribuindo para todos os lugares da galáxia, mas a nave com a realeza Taal que deveria ir com uma colônia Laan para Vega, surpreendentemente, foi escoltada por um destacamento de proteção dos reptilianos Ciakahrr. As duas espaçonaves-Arcas foram escoltadas por seus inimigos para Vega, e quando chegaram nas proximidades do sistema Vega, os Laan foram para o sistema estelar de Vega para encontrar um novo mundo, mas naquele exato momento a espaçonave-arca da realeza Taal virou e tomou a direção do sistema estelar Mirza (estrela/sol Beta da Constelação Canis Major).

Preciso lhe dizer que o que vai nos interessar não são todas as colônias dos Taali, porque há muitas delas que foram distribuídas por toda a galáxia, mas focaremos no sistema das Plêiades. As principais colônias dos Taali estão nas Plêiades (Manahu).

Aqui está um trecho do meu livro, A Gift From The Stars: Extraterrestrial Contacts and Guide of Alien Races:

“Os refugiados reais Taal do planeta Omankhera, no sistema solar Man da Constelação de Lyra, que se estabeleceram no 3º mundo, Mandoghiar, do sistema estelar Ghiorak-An (Mirza, ? [Beta] Canis Major Os registros dessa época sombria das Guerras de Lyra contam sobre um acordo concluído pelo chefe do governo Taal com os invasores reptilianos Ciakahrr, visando ganhar tempo para salvar as culturas humanas e as populações civis, permitindo que os refugiados deixassem os planetas de sua origem, mas um ponto sombrio permanece em relação à integridade da realeza Taal, e até mesmo de sua implicação obscura, em primeiro lugar, na invasão reptiliana Ciakahrr.

Todos os registros sobre este episódio e o tratado Taal-reptilianos Ciakahrr foram “perdidos. ou destruídos” na pressa de escaparem das guerras… Parte desses acordos incluía que a família real sairia em segurança, e duas espaçonaves deixaram o sistema estelar Man, um carregando a realeza e a outra as elites das altas castas da sociedade Taal, ambos escoltados por uma frota de reptilianos Ciakahr. O destino oficial era Vega na Constelação de Lyra, mas assim que o cortejo estava longe o suficiente, a família real Taal desviou o curso para a zona de Orion; ao sistema solar Mirza.

É óbvio que os acordos entre os Ciakahrr e a realeza Taal incluíam cláusulas ocultas desconhecidas dos registros oficiais, e essa teoria explicaria a conexão entre esse pequeno grupo Taal e os residentes reptilianos do sistema Mirza em Órion. Esses Taali reais talvez tenham recebido a promessa de reconquistar seu sistema e receber mais poder, quem sabe, considerando a capacidade natural dos reptilianos Ciakahrr de mentir, corromper, seduzir e enganar para sua própria vantagem.

Muito tempo se passou desde esses eventos cruciais nos tempos iniciais da humanidade na Galáxia e, atualmente, os descendentes Taali desta colônia cruzaram e hibridizaram com populações locais, tornando-se uma raça à parte, longe dos interesses da Federação Galáctica. Seu envolvimento com os reptilianos do Império Ciakahrr e as Alianças Orion ainda não está claro até hoje.”

Agora, vamos falar sobre a forma como o povo Taali lida com as suas emoções. Como comparação, vou falar sobre o povo Ahil. Os Ahil abraçam suas emoções. Eles permitem que suas emoções venham, e eles as deixam ir, deixam fluir, transmutando-as. Desta forma, eles se livram delas muito rapidamente. Os Taali fazem o contrário. Eles não abraçam e reconhecem suas emoções para deixá-las fluir. Eles vêem as emoções como um obstáculo à sua eficiência e à sua evolução como espécie.

RELACIONADOS:

Eu diria que os benevolentes Taali seriam como os vulcanos da galáxia, e o malévolo Taali seria como os romulanos, da série Star Trek e você verá por quê. Isso é muito interessante porque a série Star Trek foi inspirada pelos contatos reais [do produtor Gene Roddenberry] com raças de extraterrestres. Os Taali tentarão assimilar as emoções, domá-las e bloqueá-las, destruí-las e neutralizá-las de uma maneira melhor. Por outro lado, as pessoas Taali são capazes de amar com muita paixão. O povo Taali é muito próximo de nós aqui da Terra. Eles são nossos primos mais próximos geneticamente na galáxia.

O benevolente povo Taali, eles são bons e ótimos. Eles fundaram muitas colônias na galáxia. O que mais nos interessa é o aglomerado estelar das Plêiades. Naves de colônias de três raças diferentes Taali, Ahil e Noori chegaram ao enorme aglomerado estelar das Plêiades. As Plêiades ainda são um aglomerado estelar muito jovem, e é claro que não tinha planetas prontos quando eles chegaram. Eles terraformaram vários planetas.

Esta foi a melhor decisão, porque assim eles não invadiram planetas onde já existia a manifestação da vida nativa e incomodar e perturbar a todos os habitantes originais desses sistemas. Terraformar novos planetas ou pegar planetas sem vida e fazer deles um mundo habitável é a melhor opção ética e moral.

Então eles não destroem nenhuma outra vida porque talvez mesmo se você for muito respeitoso com a vida local você vai trazer suas bactérias, micróbios etc, e você vai causar algum dano de qualquer maneira. Então eles terraformaram planetas em torno de diferentes sistemas nas Plêiades, mas hoje vamos falar sobre dois sistemas: Alcyone e Taygeta, e é claro que esses são nomes dados pela humanidade da Terra. Estes são nomes de musas da mitologia grega. As populações nativas locais os chamam de forma diferente.

Vou lhe mostrar o sistema Taygeta (Ashaara). Em Taygeta (Ashaara) eles terraformaram todos os 10 planetas. Os Noor, os gigantes, tinham Alkhorat. Dakoorat, são os seres de luz, de onde vem Coron, grandes pessoas. Agora, Erra e T’mar são dois lugares onde começaram os problemas. Erra é onde vivem os Ahil e em T’mar vivem os Taali. Não sei como Ahil conseguiu Erra e Taali conseguiu T’mar, mas eles queriam Erra porque Erra é um planeta maior e o povo Taali tem um ego maior.

Então houve um conflito, mas não apenas por causa do planeta maior, havia mais política envolvida. Os Ahil de Erra, chamados de Errahil, e os Taali de T’mar fizeram um acordo juntos, mas havia uma facção deles que disse, se não podemos governar o sistema Ashaara, vamos governar nosso próprio sistema estelar, porque eles queriam fazer como no sistema Man, estar no maior planeta e governar a todos. Um destacamento de Taali de T’mar partiu, após uma discussão com os Errahil.

Eles foram se estabelecer no sistema Alcyone [o sol central das Plêiades]. Eles terraformaram planetas desse sistema estelar, e os Taali que vivem agora no sistema Alcyone são considerados como Taygetans renegados. Você pode dizer que os Taygetans são todas essas raças neste desenho que você vê. Eles chamam a si mesmos de Ashaaru, mas os Taali que vivem agora no sistema Alcyone são taygetans renegados ou Taal Taygetans renegados. Depois que eles criaram seu sistema em Alcyone, eles ficaram por conta própria porque os Taygetans não queriam ter nada a ver com eles. Os Taali de Alcyone queriam se juntar à Federação Galáctica dos Mundos, mas a Federação Galáctica dos Mundos não os aceitou.

A partir desta recusa os Taali de Alcyone fariam qualquer coisa para trabalhar contra os interesses da Federação Galáctica dos Mundos porque a Federação é governada principalmente por Errahil que têm altos cargos, pois são muito bons em operações militares e diplomacia. O alto comandante Ardaana é um Errahel. Eles têm muitos oficiais de Alpha Centauri, Beta Centauri e Proxima Centauri, mas a maior parte do pessoal são todas essas raças humanóides que possuem tecnologia e cultura superiores. Existem muitos Taal também de T’mar e outros lugares que também estão envolvidos nas altas posições da Federação Galáctica dos Mundos e são compostos por diferentes raças humanóides, mas os Ahil estão ocupando a maioria das funções elevadas.

Então, os Alcyone Taali começaram a odiar a Federação Galáctica dos Mundos e tentaram tudo o que podiam para destruir sua reputação, mas nunca conseguiram porque são um grupo muito pequeno. Então eles pediram proteção de uma estrutura mais poderosa do que deles para combater a Federação Galáctica dos Mundos: os Greys Nebu de Orion. Em resposta, os Greys Nebu disseram que eles eram muito insignificantes e não tinham nenhum interesse.

Depois disso, eles pediram proteção a um Coletivo Reptiliano de Orion que trabalha com o Império reptiliano Ciakahrr, que aceitou em troca que os Taali de Alcyone lhes cedessem um planeta para criarem uma colônia. Assim, no sistema Alcyone não há apenas Taali Taygetans renegados, mas também uma colônia de répteis de Orion. E a partir deste momento os Taali renegados Taygetans se envolveram nas agendas do Império reptiliano Ciakahrr.

Esses taygetans renegados chamam seu planeta de Taalihara, que significa Taal Main World, e eles se autodenominam Taal-Shiar e isso nos leva imediatamente à série Star Trek. Agora, como eu lhe disse anteriormente, quando você não pode enfrentar seu inimigo porque não tem forças e recursos militares suficientes, você pedirá proteção a algo maior que o inimigo, mas também usará regras como táticas astutas e muito engano.

Qualquer coisa que possa fazer a população da Terra acreditar que a Federação Galáctica dos Mundos ou os Ahil Taygetans, os loiros como Thor Han são maus. Eles vão tentar desacreditá-los. Há muitas manipulações, psyops deles. Eles estão usando as mídias sociais na Terra. Agora, Akvaaru é um piloto da Federação. Ele já fez algumas missões com Thor Han como copiloto e Akvaaru tem uma história muito interessante. Vou me conectar telepaticamente com Thor Han e ele se conectará com ele, e eu o ouvirei e repassarei o que ele disser.

Akvaruu: Akvaruu é meu nome. Nasci em um mundo muito conflituoso, Taalihara, onde minha mãe e meu pai ainda estão, e não posso mais falar com eles. Não posso mais abraçá-los, nem minha irmã nem meu irmão. Quis trazê-los comigo para Erra, mas eles preferiram ficar e despedir-se. Eu sou um renegado de uma raça renegada. Saí porque discordei das táticas usadas no Conselho Jahya. O Conselho Jahya é composto por raças Taali e Ooganga, e também Maytra, o novo insumo. Perguntamos sobre a conexão com os Greys Nebu. Esta é uma nova conexão, pois o Império reptiliano Ciakahrr está perdendo o pé em seu sistema estelar e meu povo precisa chegar ao nosso fim. Saí porque esta não é a minha maneira de pensar.

Sou um espírito livre, sou soberano e nenhum sistema me dirá o que preciso ser. Nasci em um mundo conflituoso. Nem todo o meu povo é ruim, você precisa saber disso. Saí porque não podia concordar com o nosso governo. Eu escapei porque estamos proibidos de viver sob ameaça de morte. Eu sou Akvaaru, um piloto da Federação Galáctica dos Mundos. Acompanhei sua história, e a evolução na Terra é muito intrigante porque somos iguais. Posso ir visitá-lo a qualquer hora. Minha composição é a mesma que a sua. Eu respiro o mesmo ar. Trabalho com o comandante Thor Han em missões específicas para ajudar o povo terráqueo a vencer esta guerra.

Meu mundo natal é muito industrializado, não há muitos lugares para a natureza, e eu gosto da natureza. Eu queria ser biólogo, mas a guerra decidiu o contrário. Sou mais útil como piloto, capitão de espaçonave. Em meu tempo livre, resido na nave avançada do destacamento militar da Federação Galáctica em seu sistema Solar, entre a órbita da Terra e da Lua. Participei das operações de liberação do seu satélite Lua, e agora participo das operações em Tyr (Marte).

P: Você pode nos contar sobre sua cultura e sua espiritualidade?

Akvaruu: Espiritualidade, nós temos uma. Como todas as raças evoluídas, nos conectamos à Fonte porque somos oriundos da própria Fonte. Meu povo tem seus caminhos. Aprendi com algumas pessoas, Esdra. Ela me disse para ir conhecer Thor Han, e eu gostei desse homem. Ele me ensinou que havia mais do que conter emoções. Ele me mostrou outros caminhos. Ele me mostrou o caminho de Ohorai, que nós, Taali, nos recusamos a praticar porque o caminho de Ohorai permite que o fluxo de emoções o permeie e domine. É por isso que os Ahil e os Ohorai se dão bem porque se entendem, mas nós, os Taali, preferimos controlar as energias de nossas emoções. Concentra-las em manifestações poderosas.

É uma cultura diferente, uma forma diferente de pensar. Acreditamos na Fonte como os nossos irmãos Ahil, mas apenas fazemos de modo diferente. Quando uma emoção vem nós a transformamos, nós a pacificamos em algo controlável. Esta é a nossa maneira de fazer as coisas.

O poder da mente sobre a alma, sobre o coração, sobre o corpo para se tornar poderoso. Usamos a mente e os Ahil usam o coração. Somos diferentes, mas mais próximos de você, mas você é mais do que nós. Vocês são seres interdimensionais. Vocês tem muito mais possibilidades e capacidades do que nós Taali, embora sejamos seus primos, seu par genético mais próximo nesta galáxia.

P: Por que você decidiu deixar seu planeta Taalihara? Você disse que discordava dos métodos, mas o que aconteceu?

Akvaruu: Fui perseguido porque não tinha o direito de viver por minhas escolhas. Havia novidades que eles não podiam controlar, e essa foi a decisão que tomei de sair, quando soube isso.

P: Estamos preocupados na Terra com essas novas medidas?

Akvaruu: Não diretamente na Terra, mas em muitos mundos. O Império reptiliano dos Ciakahrrs tem regras como essas, para destruir o que não podem submeter ao seu poder, mesmo que seja engenhoso. É muito estúpido, mas é assim que eles pensam e agem. Eu não sou um reptiliano Ciakahrr e não consigo entender a lógica deles. Os reptilianos Ciakahrrs estão perdendo a posse, controle e domínio do seu planeta. Eles estão indo embora, mas eles querem destruí-lo antes de partirem, o que a Federação Galáctica dos Mundos não permitirá, é claro. Isso não vai acontecer. Mas ouvi dizer que os Jahya Taal-Shiar concordaram em fazer parte dessas operações, porque eles têm uma boa infiltração na Terra. Thor Han me pediu para parar de ir mais longe nessas explicações.

P: Você poderia nos contar sobre a vida vegetal em seu planeta?

Akvaruu: Eu não sou conhecedor dos nomes das plantas em seus termos científicos, porque também não há muitas correspondências, apenas algumas flores que são muito raras. Não sei falar sobre a descrição dessas plantas que não tem referência para o seu universo e mundo. A natureza de Taalihara é muito rara porque foi muito industrializada.

P: Quais são os planos dos reptilianos Ciakahrrs e os Taali (de Alcyone, sol central das Plêiades)?

Akvaruu: Eles planejam subjugar e controlar sua raça pelo medo. Quando digo Taali, não digo minha raça inteiramente, digo TaalShiar de Taalihara, Conselho Jahya. Como nos parecemos muito com os humanos da Terra, os Taal-Shiar decidiram se infiltrar na sociedade terráquea para enganar e manipular os terráqueos, atraindo-os para a desinformação e manipulando sua mente. Meu povo é uma raça muito antiga, e nós somos pessoas muito inteligentes. Sabemos muito bem como funcionam os segredos da mente. Somos mestres em controle mental, e estamos trabalhando muito de perto com organizações na Terra que Thor Han não me permite nomear para não colocar Elena em perigo.

Essas organizações são mestres em manipular e controlar a mente das populações e as massas, sequestrando muita gente, especialmente jovens terráqueos para manipulá-los e fazer deles armas vivas, liberando-os na sua sociedade, e essas pessoas terão sido modificadas na mente por técnicas muito específicas de tortura mental e se tornam armas sem saber que são, para manipular as populações espalhando desinformação.

Como eu te disse, a técnica dos reptilianos Ciakahrrs é oferecer 90% de verdade e 10% por cento de mentira, e funciona assim: quando qualquer operação é realizada como tal, é porque os reptilianos Ciakahrrs estão por trás dela. Faça as pessoas confiarem em você e ouvir você dizendo a verdade, e uma vez que eles acreditem em você, uma vez que eles o adorem, você dirá mentiras, mas de forma muito eficiente, devagar, insinuosa, devagar, insidiosa, devagar para que ninguém perceba que de repente são levados para um caminho divergente e não mais no caminho da libertação. Isso é muito típico dos reptilianos Ciakahrr.

Tenham cuidado antes de se associar a organizações terráqueas. Elas são muito complicadas e muito manipuladas [especialmente sociedades “ocultistas” do tipo maçonaria, Bilderberg, Illuminati, Skull & Bones, et caterva]. Eu tenho outra coisa a dizer. Por favor, não seja indulgentes com aqueles que os manipulam, porque aprendi que seu povo gosta de perdoar. Isso não funciona para tudo. Aqueles que te manipulam são predadores. Que você os perdoe apenas lhe deixará feliz, mas voces lhes darão muito mais poder, porque ao perdoa-los voces dão o seu consentimento. Perdoe seu inimigo depois que o seu inimigo tenha perdido o combate e a guerra, não enquanto você está lutando com ele.

Vocês agora estão em uma posição como guerreiros em uma guerra. Perdoar é aceitar a ação do seu inimigo. Isso é bom como um fechamento quando seu inimigo perdeu a guerra. É um encerramento libertador. Mas não enquanto você está lutando com ele. Seja imprudente, não tenha empatia. Este é o conselho de alguém como eu. Eu sou um lutador, um soldado, um guerreiro. Não tenho compaixão por aqueles que torturam os fracos, que raptam, que vendem, que escravizam, corrempem, que enganam. Eu não tenho compaixão por isso. Não tenho tempo para isso.

Estou aqui para lutar numa guerra planetária e não ceder à filosofia. Estou aqui para agir. Você tem o seu trabalho a fazer, eu tenho o meu. Estou aqui por vocês e luto com o sangue de um Taal, membro desta grande federação. Meu povo no planeta Taalihara é vítima de manipulação de seu próprio governo, como na Terra. Um dia vou resgatar minha família e levá-los embora, mas não agora. Eles estão seguros lá. Eles vão ficar lá. Não me importo de não vê-los. Tenho trabalho a fazer agora neste sistema estelar ao lado de Thor Han. Você não me verá muito, não estou designado para a frota dele, mas acho que nosso encontro foi oportuno e numa boa e eficiente sincronicidade.

P: Existem diferentes raças em seu planeta, como na Terra, por exemplo?

Akvaaru: Sim, existem. Importamos vida de T’mar. Há uma grande diversidade, sem muita natureza como eu disse, mas animais, insetos e outras formas de vida. Há grande vida microbiana.

P: Vocês tem super soldados e, em caso afirmativo, quais são suas habilidades?

Akvaaru: Os Taal-Shiar criaram a raça de híbridos com genética reptiliana dos Ooganga. Eles são uma super raça de lutadores. Eles são usados ??no Coletivo Reptiliano como reforço e trabalho para o Império Ciakahrr. Suas habilidades são psíquicas e físicas. Eles têm partes robóticas [transhumanismo] em seus corpos e sua força é inacreditável. Eles estão relacionados a um sistema de sociedade de colmeias ou são como os Greys Nebu. Suas mentes estão unidas como uma só mente, e embora sejam humanoides, suas mentes estão todas relacionadas a uma Rainha numa Colmeia Central e recebem ordens ao mesmo tempo, como insetos, mas têm genética humana e reptiliana. A força deles é inacreditável. Eles podem esmagar o metal de uma nave com uma mão. Eles podem vincular sua mente à vontade deles. Esses lutadores são inacreditáveis. Eles felizmente não foram transferidos para o seu sistema solar porque a frequência das partes que compõem seus corpos que não são biológicos são detectadas muito facilmente pelos dispositivos de rastreamento e medição da Federação.

P: Sabemos de que material essas peças robóticas são feitas?

Akvaaru: Eles são feitos de materiais vivos, mas sintéticos. Esses materiais estão relacionados a uma Colmeia Mãe Central como eu lhes disse, conectando as mentes de todos esses indivíduos e aprimorando suas capacidades físicas. Os materiais são muito lisos, não são metálicos, embora eu diga robótico. Não são iguais em seu planeta. É um material sólido e liso que pode ser assimilado a estrutura dos ossos, fundindo-se. Como Cartilagens.

P: Existem muitos Taal-Shiar em nossa sociedade planetária aqui na Terra?

Akvaaru: Nós nos parecemos muito com vocês. Na maioria das vezes temos cabelos castanhos e pretos com olhos claros. Somos altos e magros, rostos muito magros e alongados, nem sempre. Nós nos parecemos com vocês. Vocês não podem nos diferenciar do seu povo. Você nunca saberá que está falando com um Taal-Shiar, e sim, existem muitos na Terra.

P: A tecnologia e a navegação da nave estelar são semelhantes entre as naves Taal-Shiar e Ahil para que você possa co-pilotar a nave de Thor Han?

Akvaaru: Bem, eu não piloto naves Taal-Shiar porque deixei o sistema Jahya e o Taal-Shiar. Eu os abandonei para me juntar à Federação e piloto naves da Federação. Eu aprendi aqui neste seu sistema solar como pilotar uma nave da Federação que é baseada no modelo Ahil. Eu não saberia pilotar uma nave Taal-Shiar.

P: Existem sementes estelares Taali baseadas em Terrestres?

Akvaruu: Não precisamos encarnar em avatares porque podemos respirar, comer e andar em sua atmosfera e densidade. Não precisamos do programa dos enviados das sementes estelares. Podemos estar aqui diretamente para ajudar. Os Taali são os maiores contingentes, trabalhando com a Aliança da Terra: Meton, Selosi e Taali.

P: Quantos anos você tem, quanto tempo pretende servir na Federação e onde deseja se aposentar?

Akvaaru: Eu tenho 362 anos no seu tempo, mas pareço tão jovem quanto você. Estou servindo a Federação há seis anos, desde que escapei, e pretendo servir aqui até que esta guerra termine, porque meu povo, o governo TaalShiar do qual me envergonho, está causando muitos danos aqui, manipulando populações, fazendo alianças com grupos errados e enquanto meu povo causar danos a este sistema, eu vou ficar aqui e lutar. Se eu precisar matar pessoas da minha espécie eu o farei, porque a justiça para mim está acima de toda a vida e matar é apenas desincorporar uma alma. Somos todos imortais e voltamos; nós apenas desativamos um avatar. Então, se eu precisar desativar avatares para desativar seres da minha própria espécie, eu o farei. Eu sei que não vou matá-los totalmente porque seu ser irá para seu mundo natal e encarnará em um novo avatar. Não há morte, há apenas a desativação e a desincorporação.

P: Quando esta guerra acabar, o que você vai fazer, para onde você quer ir?

Akvaruu: Para Taalihara meu mundo, pegar minha família e ir para Erra.

P: Por que Erra e não T’mar?

Akvaruu: Porque Erra é onde eu fiz amigos aqui nesta estação, e uma garota que eu gosto é Errahel. Thor Han a conhece.

P: De qual dos quatro principais grupos de humanóides descendemos principalmente, são Laani?

Akvaruu: Os Laani influenciaram muito sua genética. Eles, os Ahil, Taali e mais 21 raças. Você também tem raças não humanas envolvidas em sua genética, mas seu povo foi semeado principalmente com Taali, Ahil e Laani. Três raças extraterrestres. Coloque os Taali e os Ahil com porcentagem igual. Vocês tem uma história muito complexa e NÃO SABEM quase nada sobre ela.

Fim do contato.


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fim-dominio-eua-otan-nabucodonosor-fim-roma.jpg

“Quando é chegada a tarde, dizeis: Haverá bom tempo, porque o céu está rubro. E, pela manhã: Hoje haverá tempestade, porque o céu está de um vermelho sombrio. Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não reconheceis os sinais dos tempos? Uma geração má e adúltera pede um sinal, e nenhum sinal lhe será dado . . .” – Mateus 16:2-4


Artigos Relacionados:

Permitida a reprodução, desde que mantido no formato original e mencione as fontes.

One Response to Akvaaru e Thor Han: Quem são os Extraterrestres Taal [Tall Whites, os Nórdicos ?]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.